Ultimato: Outsider, Stephen King - Rapeize Dinâmica

Rapeize Dinâmica

Um blog para quem ama literatura, artes gráficas e entretenimento digital. Em associação com a página English Tips no Facebook e Instagram.

Bombando

31 dezembro, 2018

Ultimato: Outsider, Stephen King

É final de ano e posso dizer que em 2018 tivemos um ano bastante singular; Guerra Infinita, pra mim, foi o melhor filme de super-heróis de todos os tempos, ao lado de Capitão América 2: o Soldado Invernal, talvez. Vivemos o luto da morte de Stan Lee, ícone dos quadrinhos, a "cara" da Marvel. (Que descanse em paz). Além de tantas outras coisas no mundo do entretenimento. Mais um ano sem o tão esperado "Ventos do Inverno" de George R. R. Martin, porém ele lançou um livro paralelo às Crônicas de Gelo e Fogo, recentemente: "Fogo e Sangue", lançado também no Brasil em novembro passado, pela editora Suma. Aliás, por falar no Martin, ele está desde 2014 lançando livros paralelos ao da história canônica; desde "O Mundo de Gelo e Fogo" até "O Cavaleiro dos Sete Reinos" e "Os Filhos do Dragão". Eu cheguei a ler "O Mundo de Gelo e Fogo" e a parte que eu mais gostei foi a lááá do final do livro, que falava sobre Asshai da Sombra, claro, a cidade mais misteriosa, onde tudo é bem escuro e... Não há crianças.

Isso pra não falar, aqui, do fenômeno "Black Mirror" que continuou com tudo na nova temporada; ou mesmo da série "Atypical", que aborda uma temática de autismo e suas questões. "Black Mirror" também lançou um filme que está quentíssimo, lançado há 3 dias atrás: "Bandersnatch". 2018 teve muita coisa boa que eu ainda nem tive tempo de "contemplar" como o filme "A Forma da Água", com 13 indicações ao Oscar, o filme "Jogador Nº 1", dirigido por Spielberg, entre outros. Consegui assistir no cinema ao campeão da 2ª maior bilheteria do ano, Pantera Negra, e da 5ª maior, "Venom", que eu gostei demais. No YouTube ⎼ que vem ganhando relevância sobre a mídia brasileira, bem como a Netflix  conheci alguns canais como o do Gustavo Cunha ou o do Ei Nerd, que fazem análises muito precisas do mundo dos filmes baseados em quadrinhos e cultura pop/nerd em geral, mantendo o hype para filmes como "Capitã Marvel" lá nas alturas. Já que falei de YouTube, por que não falar em um dos vídeos mais sinistros em matéria de edição gráfica?! Que seria o Vídeo do Gaveta Gordo Vs. Gaveta Magro. Sensacional. E, para finalizar a breve retrospectiva em 2 parágrafos, o filme que a Sandra Bullock levou nas costas: "Bird Box". Não, não vou falar o que achei sobre ele porque isso vai ser assunto de um post posterior, atentando em alguns pontos um tanto diferentes. Are you ready?

Ultimato de "Outsider"; vale mesmo a pena ler?




Um background


O livro foi lançado pela editora Suma em 15 de junho de 2018 e possui 528 páginas, porém eu li em e-book e tinha 577 páginas ⎼ além de estar na versão original em inglês. Eu fiz uma > análise das cem primeiras páginas < que seria legal você ler caso pretenda apenas ter uma ideia geral das primeiras impressões que o livro me causou. Não vou dar spoilers aqui, mas é uma análise naturalmente mais densa. The Outsider, assim que lançou nos EUA, ficou diversas semanas encabeçando a lista dos mais vendidos da Publishers Weekly.

Nunca havia lido livro algum do Stephen King, considerado um dos grandes mestres do horror na atualidade, mas uma amiga minha, colega de curso (Letras-UFRRJ) me disse que lê e adora todos os livros do Stephen King. Foi a deixa que eu precisava para experimentar a leitura. It ⎼ A Coisa é um livro de que só ouvi elogios e eu estava até (estou!!!) curioso pra ler, mas resolvi ver se havia algum mais novo: então encontei The Outsider e gostei das capas (das versões americana e brasileira) e fiquei curioso, comecei a lê-lo sem sequer ler a sinopse.


Capa estrangeira

Capa que foi publicada no Brasil, porém sem o "The"
Vale dizer também que meu tempo esse semestre foi minado por coisas previstas e imprevistas, de maneira que eu resolvi que leria esse livro custasse o que custasse, e também, que sempre que eu estivesse no ônibus, o leria, não importando se eu tivesse textos da facul pra ler e etc. No busão, esse e-livro na mão.

Pontos positivos


1) O livro não é enjoativo, apesar do número de páginas: as primeiras cento e poucas páginas nos apresentam um grandioso enquadre cheio de mistério para ser desvendado; logo em seguida o ritmo dispara, indo e vindo, uma coisa louca. Em momento algum eu me senti entediado lendo. King nos mantém curiosos do início ao finzinho mesmo do livro.

2) Recursos: King se utiliza de vários recursos bem próprios do gênero (romance de suspense) para criar tensão e diversos momentos de clímax literário, incluindo investigação de pistas, dificuldades de investigação, capítulos curtos, sustos... Se prepare.

3) Livro muito bem feito: Ao ler, você percebe o esforço de King para não deixar o livro ficar parado ou mesmo com "pontos soltos" ⎼ você percebe que ele planejou muito bem cada conexão do livro; algumas surpreendem, no final.

4) Trabalho em equipe: Ao final do livro, o escritor lista uma série de contatos que fez com pessoas das mais variadas áreas do conhecimento para tornar o livro o mais "crível" possível. Advogados, policiais e etc. Eu havia lido um prefácio do livro "Os Estranhos", que fala sobre fantasmas em cavernas, também do Stephen King; e nele eu percebi a mesma coisa: uma lista de pessoas especializadas ⎼ geólogos, físicos, enfim, vários profissionais que o ajudaram com a questão da verossimilhança. O resultado deve ter sido muito bom, também, só que esse "Os Estrahos" eu ainda não li; o título em inglês dele, aliás, eu achei bem mais interessante: "The Tommyknockers", que tem a ver com uma lenda fantasmagórica, também. Fica pra minha lista do ano que vem, ha ha.

Pontos negativos: Desonheço.


Nota: 10/10

Há cenas no livro que podem te levar às lágrimas, outras que podem te levar a ter medo, no escuro, quando andando sozinho em casa, se for dessas pessoas mais medrosas he he he. No livro há uma cena muito, muito bem construída, não vou dizer qual para não dar spoiler, mas quem ler, saberá. Também há uma frase muito legal, que seria a minha preferida, que também não posso falar; seria um baita spoiler!

Última postagem de 2018...


No próximo post farei um balanço mais detalhado da experiência com o site, mas... Agradeço a todos que vêm fazendo esse blog ser uma realidade; valorizo muito cada comentário, tanto que me esforço para responder todos e "retribuir" comentando nas postagens de vocês também. Gostei muito da experiência de ser blogueiro e, como praticamente sempre na vida, as pessoas que conhecemos são o que tornam as experiências mais valiosas. O blog tem um público masculino muito pequeno; creio que uns 70 a 80 por cento das visitas é de mulheres. Agradeço muito a vocês, que são um público muito afetivo, educado, carinhoso, maravilhoso e generoso. Um escritor sem ninguém para ler não tem graça; obrigado por apoiar o início de meu trabalho e me fazer acreditar que a aposta na área de escrita está valendo a pena. Feliz 2019 para todas!





8 comentários:

  1. Eu ouvi muito fala sobre esse livro. Espero ler mais em breve, mas ja gostei bastante da resenha . Bjs bjs https://beperes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal que ouviu, Brena ^^ Espero que consigas ter essa chance de ler, sim. Não vai se arrepender. Beijos!

      Excluir
  2. Amei sua resenha Lincoln, os livros do Stephen sempre dividem opiniões, ainda não conheço nenhum, mas espero conhecer em breve!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Kaila. Acho que os filmes dele dividem mais opiniões que os livros; mas é meu primeiro livro então nem posso falar muito rs Espero que conheça, sim!

      Excluir
  3. Nunca li nada desse autor.. mas adorei a sua resenha!
    Beijo
    ;)
    Blog | Instagram | Canal no Youtube

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele tem muitas obras adaptadas pras telinhas também, Gessica. Se gostar de suspense, pode dar uma chance a ele que não vai se arrepender rs Beijoss

      Excluir

Escreva seu comentário